Muitas vezes a coloração da Bottarga pode variar da cor laranja-âmbar até marrom escuro. Cada ova de tainha é única! Ainda que pescadas no mesmo local e época do ano, as ovas de tainha podem apresentar diferentes nuances em sua cor devido a vascularização.

Outro fator determinante é o diferente teor de gordura presente em cada ova que incide diretamente no processo natural de oxidação (escurecimento). Assim como um bom queijo e outros produtos curados, sua maturação, além de modificar sua cor com o passar do tempo, também empresta sabores mais complexos e degustações únicas. Os amantes da Bottarga com maior tempo de cura poderão observar sua cor escura e uma coloração esbranquiçada ao redor, como nos embutidos. Trata-se do bolor natural formado a partir do processo de maturação do produto.

Caso sua Bottarga apresente esta coloração, retire a película natural protetora, uma fina membrana que envolve o ovário do peixe. Após a remoção, ela se encontrará perfeita para o consumo. Para melhor armazenamento envolva em um papel filme e mantenha em local refrigerado. Utilize-a também ralando para finalização de seus pratos. Aprecie sem moderação!


Você está desconectado

Faça login para continuar.

O novo e-mail é igual ao antigo!
A nova senha é igual a antiga!
Erro ao alterar os dados.

Tente novamente mais tarde.

Dados alterados!
Erro ao alterar os dados.

Tente novamente mais tarde.

Dados alterados!